Arquivos dicas | Página 6 de 7 | O Mundo de Jess

Como pintar o cabelo de lavanda e azul pastel

04 set 2014
Como pintar o cabelo de lavanda e azul pastel
Desde que eu colori todo o meu cabelo, tenho recebido muitos pedidos para falar mais sobre os produtos que usei para chegar no tom atual que estou usando: lavanda e azul pastel (algodão doce). Mais uma vez esse não será um passo a passo, mas caso vocês queiram, posso fotografar da próxima vez que eu for colorir as madeixas hehe.

Para conseguir essas cores foi super simples, mas tudo dependeu da descoloração. Deixei o meu cabelo o mais claro possível – quase branco. Temos que pensar em nossos cabelos como uma folha de papel -bom, pelo menos eu penso assim e me ajudou muito no começo.

Parece bobagem mas eu explico: qualquer cor de tinta que você colocar sobre um papel branco, resultará em uma cor final fiel a tinta, certo? Agora imagine pintar um papel amarelo com tinta azul, não há dúvidas que seu resultado final resultará em um tom esverdeado, bem diferente do tom de azul da sua tinta e com os cabelos não é diferente.Dificilmente você conseguirá um tom pastel bonito (e que desbote para um tom legal), se não estiver com os cabelos bem claros.

Mas não se preocupem, se o seu cabelo não aguenta muitas descolorações, você pode clarear ele usando produtos adequados como desamareladores e até mesmo violeta genciana. Esse processo pode ser um pouco mais demorado e cansativo, mas pode funcionar para algumas pessoas. Como eu sempre digo, o importante é testar e conhecer os seus cabelos.

Quando eu descolori meus cabelos (contei todo o processo aqui), ele ficou com mechas platinadas, brancas e algumas amarelas, por isso antes de tonalizar, eu matizei ele usando violeta genciana. Usei algumas gotas em um pote com água e joguei nos cabelos, simples assim. Depois disso meu cabelo ficou bem branquinho e com a maioria das mechas platinadas, ou seja, base ideal para um cabelo em tom de algodão doce hehe.
Não costumo usar tintas nos cabelos, por isso vou contar como fiz minhas misturinhas:

Mistura Lavanda:
Violeta genciana + creme para pentear Yamasterol. Não existem medidas exatas, eu sempre coloco primeiro o creme em um pote de plastico, e aos poucos vou adicionando a VG até obter o tom que eu quero. Ah, costumo sempre fazer pelo menos um ou dois tons mais escuros, porque os cabelos sempre desbotam bastante na primeira e segunda lavagem.
Violeta Genciana é encontra facilmente em farmácias e custa em média R$3,50. O creme para pentear Yamasterol é um dos mais baratinhos e meu favorito no mundo! Ele rende muito e deixa meu cabelo super hidratado, sério! Também custa em média R$3,50 e é facilmente encontrado em perfumarias e mercados.

Mistura azul pastel:
Anilina azul da Glitter + álcool + creme para pentear Yamasterol. A anilina que eu uso é própria para madeira, não é comestível e não estraga os cabelos (anilina comestível mofa os fios!), a quantidade de álcool necessária é apenas para diluir a anilina (mais ou menos uma colher de café).
Para essa mistura, também não existe uma medida exata: primeiro diluo a anilina em um recipiente, em um pote de plástico, coloco o creme e vou adicionando a anilina diluída aos poucos, até conseguir a cor que eu quero. Também faço um ou dois tons mais escuros.

O legal de ter cabelos coloridos, é que quanto mais misturadas as cores ficaram, melhor! Por isso não costumo dividir o meu cabelo de uma forma muito certa, sabe? Separo algumas mechas e começo a pintar.
Algumas cores podem se misturar e acabar se transformando em outra totalmente diferente e digo isso por experiência própria: eu já consegui manchar minhas mechas de preto, apenas misturando mal as cores, por isso tome cuidado.

Para ler todos os posts com dicas sobre cabelos coloridos é só clicar aqui

Dicas importantes para não manchar os cabelos durante e depois da coloração:

• Usar um par de luvas para cada cor de tinta.
• Sempre usar prendedores de cabelo e utensílios de plástico.
• Comece sempre aplicando a tinta mais clara primeiro, e caso você queira pintar como eu (meio a meio), use a tinta clara na parte de cima da cabeça, nesse caso comece com a lavanda.
• Prenda sempre as mechas separadamente.
• Tenha cuidado na primeira lavagem: sempre lave “as cores” separadamente, e dessa vez comece pelo tom mais escuro, nesse caso o azul.
• Só aplique o shampoo após retirar muito bem o excesso da tinta com água corrente.
• Caso seja necessário, lave os cabelos com shampoo duas vezes ou até que a água saia limpa, caso contrário, esteja preparado para ter uma vida colorida, literalmente haha

Infelizmente quando pintei meus cabelos, não fotografei o tom da tinta, mas acho que isso é muito pessoal e você pode dosar como preferir.
Se tudo der certo, irei colorir o meu cabelo ainda hoje, mas com uma cor diferente. Ainda estou em dúvidas do que fazer e aceito sugestões. Ah, se quiserem eu posso tentar fotografar o passo a passo, o que acham?

Tentei não escrever muito para não deixar o post gigante, mas como sempre, usem a área dos comentários para retirar qualquer dúvida, eu sempre vejo/respondo mais rápido por aqui, do que por mensagem e e-mail, ok?

Espero ter ajudado vocês com mais esse post <3
xoxo

Como eu descolori meus cabelos em casa e sozinha

30 jul 2014
 Cabelo loiro - Jess Vieira
Finalmente criei coragem e descolori o meu cabelo inteiro. Fiz em casa, sozinha e me surpreendi com o resultado.
Recebi muitas perguntas e dúvidas sobre a minha mudança, e por isso resolvi escrever esse post. Mas como vocês podem perceber pelo título, eu vou apenas explicar e contar os produtos que utilizei para descolorir os meus cabelos, ou seja, não é um passo a passo de como você pode descolorir os cabelos em casa.
Sempre que escrevo sobre cabelos aqui no blog, chove perguntas do tipo: “Meu cabelo é preto posso descolorir?”, “Eu faço progressiva, posso pintar com anilina?” , “Meu cabelo é castanho, posso pintar de azul sem descolorir?”, mas a verdade é que eu não conheço o seu cabelo e não tem como eu dizer o que você pode ou não fazer com ele. Se você tem medo de fazer algo no seu cabelo, o melhor caminho é procurar um profissional, sempre! Felizmente eu conheço muito bem o meu cabelo e sei até onde eu posso ir com as mudanças, e ainda assim, sempre corre o risco de algo dar errado hehe
Mas antes de falar sobre a descoloração, vou contar uma breve história sobre as minhas madeixas, se você já a conhece, pode pular pro final do post haha.
Pra quem não acompanha o blog desde o começo, eu tinha o cabelo longo, preto e com algumas mechas coloridas. Há alguns meses, eu aumentei a quantidade das mechas e também comecei a colorir a franja. Meu cabelo estava assim:
Mais fotos aqui
 
Como eu já estava com esse tom de azul há muito tempo, comecei a testar uma nova cor para uma possível mudança. Misturei um pouco de anilina verde + amarela e meu cabelo ficou assim:
Mais fotos aqui
Sempre que eu postava alguma foto dos meus cabelos, alguém perguntava: “Por que não colore todo?” e minha resposta era sempre a mesma: “Ele ainda está preto e eu tenho preguiça.”
Pensei algumas vezes em tentar descolorir o preto, mas seria muito trabalhoso. Também pensei em usar o Dekap Color, mas tinha medo de acabar estragando o meu cabelo, e assim fui adiando a minha vontade de ter o cabelo completamente colorido.
Até que finalmente tive a ideia mais brilhante de todas: cortar a parte preta do cabelo! Eu já estava querendo mudar o comprimento dele então uni o útil ao agradável haha. Falando nisso, tenho que doar as mechas de cabelo que sobraram!
O corte não ficou como eu queria, mas tudo bem, ele cresce rápido e então vou poder fazer um corte mais legal daqui algumas semanas. Ele estava assim:
Mais fotos aqui.
Antes da descoloração meu cabelo estava exatamente assim, fiz essas fotos quatro dias antes de descolorir ele. Não estava nos meus planos descolorir o cabelo todo, em casa e sozinha, mas sabe quando dá aqueles cinco minutos? E foi exatamente isso que aconteceu.
Como eu não tinha produto suficiente para todo o cabelo, fui até a perfumaria mais próxima e comprei os seguintes itens:
Meu cabelo sempre foi muito fácil de descolorir, mas confesso que fiquei muito surpresa dessa vez porque ele clareou muito fácil e rápido.
Como eu já tinha as mechas coloridas, resolvi deixar elas de fora da primeira descoloração e a raiz também. Separei as mechas e dividi o restante do cabelo em quatro partes. Não fiz teste de mecha, pois já utilizo esses produtos há um bom tempo.
Preparei minha mistura na proporção de 1 por 1: a mesma quantidade de pó e de água oxigenada. Misturei tudo até obter um creme bem homogêneo e consistente.Comecei descolorindo os cabelos uns 4 dedos abaixo da raiz, mecha por mecha. Depois de ter aplicado a mistura em todo o cabelo (demorei uma meia hora), aguardei mais uns 15 minutos, enxaguei com água morna e lavei com shampoo e condicionador, da mesma forma como faço normalmente.
Fiquei surpresa quando sai do banho, meu cabelo ficou bem mais claro do que eu tinha imaginado e tudo isso em uma só descoloração e sem usar nenhum produto diferente como touca térmica ou alumínio.Infelizmente, pintar os cabelos em casa e sozinha não é assim tão fácil. Acabei deixando um pouco de descolorante encostar na minha raiz e ela acabou ficando manchada, por isso, decidi descolorir ela junto com as mechas coloridas. Fiz isso no dia seguinte e essa parte foi um pouco mais chata, confesso hehe. Para fazer a raiz, demorei mais ou menos meia hora também, e deixei agindo mais uns 10 minutos, porque as mechas que eram coloridas, já estavam brancas e eu não queria correr o risco de sofrer um corte químico.
Enxaguei meus cabelos e apliquei um pouco de creme de hidratação, deixei agir por uns cinco minutos e retirei. Deixei ele secar naturalmente e depois finalizei com uma escova (meu cabelo é cacheado, então imaginem como ele ficou descolorido e curto haha). O resultado foi esse aqui:

Não tem segredo nenhum na forma como eu descolori os cabelos, fiz como de costume e deu tudo certo. Sempre fico surpresa em ver como o meu cabelo aguenta as minhas loucuras e mudanças. Ele continua forte e hidratado, mesmo sem eu ter feito nada de diferente após a descoloração.
Estou pesquisando alguns produtos para manter ele sempre bonito e assim que eu comprar/testar, volto aqui para contar o que estou achando de cada um deles.

No momento, estou com o cabelo lilás e azul (ou verde-água, não sei hehe) em tons claros, e pretendo ficar com essa combinação por mais algumas semanas.

 
Se vocês quiserem um post sobre como eu pintei ele, é só pedir nos comentários 
Sinto muito por ter deixado o post tão longo, mas sempre me empolgo quando o assunto é cabelos haha.
Espero que tenham gostado ˆ-ˆ
xoxo

Como fazer: cabelo turquesa usando anilina

18 jun 2014
Cabelo azul - Jess Vieira

*Antes de dar dicas de como pintar os cabelos com tom de turquesa, irei contar uma breve história sobre meus cabelos. Tenham paciência hehe*

Sou apaixonada por cabelos coloridos e acho que isso já não é novidade pra ninguém, né? Mas ultimamente tenho ficado com uma preguiça imensa de colorir ele sempre, e mesmo depois de ter conseguido fazer o tom lilás dos meus sonhos, a preguiça falou mais alto e eu acabei trocando a cor dos meus cabelos mais uma vez.
Cabelinho lilás <3
Algumas meninas me perguntaram porque eu troquei de cor tão rápido, e aí vai a resposta: ele desbotava em  cada lavagem, e aquele tom lindo de lilás ia todo para o ralo e um tom dourado dava as caras. A minha franja em duas lavagens já ficava totalmente platinada e minhas mechas todas manchadas.
Ah, se você está chegando por aqui agora ou ainda não leu nenhum dos meus posts sobre cabelos coloridos, é bom saber que eu uso apenas mechas coloridas, e não o cabelo inteiro, viu?!
Cabelo manchado: lilás, platinado, castanho, dourado e mais algumas cores estranhas.
Sou bem preguiçosa quando o assunto é cabelo, e com a chegada do frio, essa preguiça se multiplica loucamente! Como eu não estava nem um pouco satisfeita com a cor das minhas madeixas, resolvi trocar as cores, mas sem ter que descolorir, claro. Pensei em pintar com um tom de roxo escuro ou rosa, mas depois me lembrei que minha cor favorita continua sendo azul, e aí surgiu a ideia de fazer algo mais puxado para um tom esverdeado. Existe isso Arnaldo? Existe sim, e eu chamo esse tom de turquesa e acho que vocês, também, né?!
Troquei a cor das minhas mechas em uma sexta-feira, que segundo o meu instagram, foi dia 30 de maio!
Não estava muito preocupada em fazer o tom certo para colorir os cabelos, queria apenas me desfazer daquele cabelo manchado o quanto antes.
Ele ficou um azul bem forte e escuro, acho que exagerei na quantidade de anilina. Ficou assim, meio acinzentado, mesmo com os filtros do instagram haha
50 tons de azuis!
 
Depois de algumas boas lavadas com bastante shampoo, meu cabelo desbotou um pouco e ficou no tom que eu queria. Um pouco mais verde na raiz, e as pontas com um tom de azul mais vivo.
Esse final de semana eu tonalizei o cabelo, e dessa vez deixei ele com um pouco mais de verde, mas na maioria das fotos, ele ficou um azul super clarinho. A foto que mostra melhor o tom turquesa é essa aqui embaixo. A raiz está mais para um tom de verde, e eu fiz uma degradê escuro nas pontas, com uma misturinha de violeta genciana.
Mesma roupa, mesma parede, mas fotos e dias diferentes, okay? Okay. haha 
Para ler todos os posts com dicas sobre cabelos coloridos é só clicar aqui
 
E não custa nada lembrar: eu não estou ensinando vocês a pintarem o cabelo com anilina, o que funciona para mim, pode não dar certo para vocês (e vice-versa). Estou apenas dando dicas e mostrando como eu faço, de uma forma que sempre dá certo para mim. Se você quiser colorir o seu cabelo em casa, tenha certeza que é por sua conta e risco.
Então vamos para com o falatório e ir as dicas, né? haha
Dica 1. Algumas cores funcionam bem em certas tonalidades de cabelo, para fazer esse tom de azul turquesa, é essencial que o cabelo esteja com uma base branca/platinada. Você pode até se arriscar e pintar sobre uma base loira ou dourada, mas provavelmente seu cabelo irá ficar muito mais verde que o esperado, principalmente quando começar a desbotar.
Dica 2. Sempre faça uma mistura mais escura do resultado que você espera. Quando você pinta o cabelo com anilina, você tem a sensação que seu cabelo irá desbotar totalmente nas duas primeiras lavagens, e é quase isso que acontece. Eu costumo fazer uma mistura bem escura (quase preta), para ficar com esse tom forte por mais ou menos 5 lavagens (fora as duas primeiras).
Dica 3. Acho que esse é a dica mais importante, pois vou contar como faço esse tom lindo usando anilina. Meu cabelo é grande e volumoso, para fazer as mechas coloridas eu uso:
1/2 colher (café) de anilina verde (marca glitter)
1/2 colher (café) de anilina azul (marca glitter)
1 colher (café) de álcool (apenas para diluir)
150ml de creme branco 
 
Essa é a minha misturinha mágica e sem segredos. Costumo deixar ela nos cabelos de 20 a 30 minutos, e enxáguo pelo menos duas vezes com muito shampoo até a água sair bem limpinha. Ah, se eu não fizer isso, acabo manchando toda minha toalha haha.

 

Conseguir esse lindo tom de turquesa é muito mais fácil do que vocês imaginam, e não tem segredo algum. Se você nunca pintou o cabelo em casa, eu sugiro que visite um profissional pelo menos para fazer a descoloração (que é algo bem chato) e a primeira coloração. Depois disso, você pode ir fazendo a manutenção em casa, ou se achar melhor, continuar indo a um profissional. Aí vai de cada um, né?
Eu costumo fazer em casa por falta de tempo e $$, porque dá muito trabalho fazer tudo sozinha, viu?! haha
Antes de terminar esse post, quero avisar que em breve eu farei um FAQ sobre cabelos coloridos aqui no blog, então se você tem alguma dúvida, é só comentar nessa foto aqui do instagram ou enviar para minha Ask. Tenho respondido muitas perguntas iguais e acho que esse FAQ irá facilitar a vida de todo mundo! hehe
Ah, perguntas feitas nesse post, só serão respondidas se estiverem relacionadas à ele, tudo bem?
Alguém aí imaginava que era tão fácil fazer esse tom?
xoxo
Páginas1234567

© 2012 - 2015 - O Mundo de Jess - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Todas as fotografias, textos e design são de propriedade exclusivas de Jess Vieira, exceto quando sinalizado.